Cistos sebáceos; conheça as dicas alternativas para tratar deste problema

Os cistos sebáceos são pequenos inchaços que podem surgir sob a pele e geralmente contêm pus. Embora não sejam cancerígenos e não representem um risco grave para a saúde a longo prazo, é importante tratar esses cistos, já que eles podem crescer e causar desconforto.

Os homens são mais propensos a desenvolver cistos sebáceos devido ao fato de terem mais pelos do que as mulheres. Esses cistos se formam quando uma glândula sebácea é danificada ou bloqueada, geralmente após um trauma ou inflamação na pele. As áreas mais comuns onde os cistos sebáceos aparecem são o pescoço, as costas, as virilhas e o rosto.

Os cistos sebáceos podem causar dor, inflamação e conter um líquido amarelado com odor forte. Eles crescem gradualmente e podem se romper ou inflamar, causando infecções graves. Embora muitas vezes esses cistos desapareçam sozinhos, em casos onde causam desconforto ou dor, é importante buscar tratamento.

Embora tratamentos médicos, como cirurgia ou drenagem, possam ser necessários em casos graves, em geral, os cistos sebáceos podem ser tratados com medicamentos tópicos ou orais. Se você notar um inchaço incomum em sua pele, é importante consultar um médico para determinar o melhor curso de tratamento.

Óleo de rícino: Com propriedades anti-inflamatórias, o óleo de rícino pode ajudar a reduzir a inflamação. Aplique algumas gotas do óleo na área afetada e massageie suavemente. Em seguida, mergulhe um pedaço de algodão em água morna e coloque-o no cisto por cerca de 15 minutos. Repita o processo até que a inflamação melhore. Tenha cuidado, pois o óleo de rícino pode causar irritação na pele.

Compressa com água morna: Faça uma compressa quente ao redor do cisto para drenar o pus e aliviar a dor. Mergulhe um pano limpo em água morna e aplique na área afetada por alguns minutos. Repita o processo até que a dor diminua ou desapareça.

Vinagre de maçã: Dilua uma ou duas colheres de sopa de vinagre de maçã em uma xícara de água. Mergulhe um pedaço de algodão na mistura e aplique delicadamente na área afetada. Deixe agir por algumas horas e enxágue bem com água. Repita até duas vezes por dia.

Açafrão (cúrcuma): Misture uma colher de chá de açafrão em pó com algumas gotas de água para formar uma pasta grossa. Aplique a pasta generosamente no cisto e deixe secar completamente. Repita até duas vezes por dia.

Alho: Com propriedades antimicrobianas, o alho pode ajudar a reduzir a infecção ao redor do cisto sebáceo. Descasque e amasse quatro dentes de alho e aqueça-os com 100 ml de azeite de oliva extravirgem. Deixe a mistura esfriar e coe. Aplique a mistura no cisto e cubra com uma gaze limpa. Deixe agir por cerca de 20 minutos e enxágue abundantemente com água. Repita três a quatro vezes por dia, evitando o contato prolongado com a pele, pois o alho pode causar irritação.