Dicas caseiras, para se livrar dos fungos e mau cheiro dos pés

O chulé é um problema desagradável que afeta muitas pessoas, causando vergonha e baixa autoestima. Contrariando o que muitos pensam, o suor não é a causa direta do chulé, mas sim uma bactéria que se instala nos pés e se fortalece com a umidade. Felizmente, existem diversas receitas caseiras simples e eficazes para combater esse problema.

Uma delas é o uso do sal de Epsom, também conhecido como sal amargo ou sulfato de magnésio, que neutraliza o cheiro de chulé ao repor os níveis de magnésio do corpo e combater a acidez. Para fazer, basta colocar meia xícara do sal em oito copos de água morna em uma bacia grande e mergulhar os pés por 30 minutos, uma ou duas vezes por dia.

Outra opção é o uso das plantas antibacterianas e antifúngicas sálvia e alecrim, que também ajudam a minimizar o suor dos pés. Para isso, basta juntar 1 colher (chá) de alecrim seco com 1 colher (chá) de sálvia seca e colocá-las em uma bacia grande com água quente. Deixe os pés mergulhados por 30 minutos, duas vezes ao dia.

Um pouco menos conhecida, mas eficaz, é a receita com chá preto. Basta juntar 5 saquinhos de chá preto em 4 xícaras de água quente e colocar tudo em uma bacia. Ferva a água antes e depois acrescente as bolsinhas de chá. Deixe os pés mergulhados por 10 minutos, retire e espere a mistura esfriar. Depois coloque os pés de volta por mais 20 minutos.

Por fim, a mistura de alho e azeite de oliva também é uma opção eficaz para combater o chulé. Para fazer, amasse um dente de alho e misture com uma colher (sopa) de azeite extravirgem de oliva. Aplique a mistura nos pés e cubra com uma gaze. Deixe agir durante a noite toda e retire na manhã seguinte. Repita diariamente até ver resultado.

Com essas receitas caseiras, é possível combater o chulé de forma simples e eficaz, recuperando a confiança e a autoestima.