Homem tira a vida da ex-companheira e logo após à fuga sofre um acidente fatal

O caso de feminicídio que ocorreu na manhã desta última segunda-feira, dia 19 de junho, na cidade de Marau, norte do estado do Rio Grande do Sul, tem gerado grande repercussão nas redes sociais.

Jaquiela Mocellin, uma mulher de 40 anos de idade, foi vítima de esfaqueamento por parte de seu companheiro, Júlio César da Silva Cunha. De acordo com informações da Brigada Militar, Júlio César desferiu três golpes contra Jaquiela por volta das 9h30 da manhã.

A agressão ocorreu no pátio da residência onde Jaquiela vivia. Após cometer o crime, Júlio César fugiu em um veículo pela rodovia RS-324.

Por volta das 10h30, Júlio César se envolveu em uma colisão frontal com uma carreta que seguia no sentido oposto. O agressor veio a óbito no local do acidente.

Uma hora depois, Jaquiela, que havia sido socorrida e estava recebendo atendimento médico no Hospital Cristo Redentor, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

Segundo informações da Polícia Civil do estado, Jaquiele e Júlio César estavam separados há 5 anos, e nenhuma denúncia de violência havia sido registrada anteriormente. Esse trágico episódio reforça a necessidade de se combater a violência doméstica e o feminicídio, promovendo a conscientização e criando mecanismos efetivos de proteção para as mulheres.