Mãe revela que teve relações íntimas após 2 horas de ter dado a luz o seu bebê, e o caso geral revolta

Em meados de 2013, uma mãe chamada Deborah Hodge chocou muitas pessoas ao revelar que teve relações íntimas apenas duas horas após dar à luz seu bebê. Com 44 anos na época, ela morava na Inglaterra e tinha acabado de dar à luz seu quarto filho. Deborah concedeu uma entrevista ao jornal britânico “The Sun” e compartilhou sua experiência surpreendente.

Deborah relatou que sentiu desejo de ter relações íntimas logo após o parto, enquanto sua filha Amelia estava dormindo no berço. Ela e seu marido estavam deitados na cama, abraçados, quando começaram a se beijar e, em seguida, tiveram relações. Surpreendentemente, ela não sentiu desconforto e atribuiu isso aos analgésicos que havia tomado.

A mãe mencionou que sempre teve uma relação próxima com seu marido. No entanto, mesmo até aquele momento, ela ainda tinha dificuldade em acreditar que realmente havia feito isso.

É importante mencionar que os médicos geralmente recomendam um período de quarentena, ou seja, alguns dias sem relações íntimas após o parto. Quebrar o período de resguardo pode ser um indicativo de potenciais problemas de saúde tanto para a mulher quanto para o homem. Para a mulher, existe o risco de infecção vaginal, e para o homem, há um aumento no risco de infecção na próstata.