Cuidados a ter com a planta “Comigo-ninguém-pode”

Se você nasceu nos anos 80, 90 ou 2000, provavelmente já viu uma das mais famosas plantas decorativas em todos os casos, que é a planta comigo-ninguém-pode. As suas folhas com tons verdes e brancos são exuberantes e maravilhosas para decorar um ambiente.

Contudo, é necessário tomar alguns cuidados, principalmente se tem criança pequena em casa. Isso porque ela é uma planta tóxica, que causa inúmeros prejuízos à saúde que entrar em contato direto com o seu “leite”. Logo, saber como cuidar da comigo-ninguém-pode é essencial.

Foi por isso que trouxemos o texto a seguir. Nele, você aprende como cuidar da planta comigo-ninguém-pode, através de algumas dicas simples, mas que são bastante efetivas. Sendo assim, continue lendo e descubra quais são.

Sobre a planta ‘comigo-ninguém-pode’

A planta provavelmente se originou na Costa Rica e na região da Colômbia. Ela tem porte pequeno a médio e é perfeita para decorar ambientes internos, principalmente para quem não está acostumado a cuidar de plantas e prefere espécies fáceis de cultivar e que não exigem muitos cuidados. Ninguém é uma planta perigosa para ambientes com crianças e animais de estimação, pois é venenosa. Nesse caso, é melhor plantá-la fora do alcance de crianças pequenas e animais de estimação.

Mesmo os adultos precisam ter cuidado e usar luvas ao manuseá-lo, pois pode realmente causar problemas. Esse composto tóxico é encontrado em várias partes da planta e pode até causar a morte por asfixia se ingerido acidentalmente, pois causa inflamação e inchaço na região da boca e garganta. Talvez seja por isso que ganhou esse apelido sugestivo e ao mesmo tempo intimidador.

Guia de cuidados

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a planta comigo-ninguém-pode, está na hora de aprender os cuidados essenciais que precisa ter. Abaixo, você confere cada um deles:

Cuidados com as regas

Em relação às regas, você pode fazê-lo sempre que perceber que o substrato está seco. Sendo assim, é importante regar até que a água saia pelo fundo do vaso. Não existe a necessidade de regar todo dia. É interessante regar a cada três ou cinco dias.

Cuidados com a temperatura

Essa planta é bastante resistente, no entanto, não é indicada para climas frios. Sendo assim, se onde você mora, as temperaturas são baixas, mantenha a sua comigo-ninguém-pode em locais internos, de preferência quentinhos.

Cuidados com a luminosidade

Essa planta se dá bem com locais de meia sombra. Dessa forma, se você optar por plantá-la no jardim, escolha em baixo de uma árvore ou outro local em que ela permaneça afastada do sol.

Cuidados com a adubação

Finalmente, o último cuidado dessa planta diz respeito a sua adubação. Nesse caso, ao verificar que ela apresenta um aspeto murcho e desanimado, isso significa que necessita de adubação.

É indicado usar o NPK com maior proporção de nitrogênio. Se for usar adubo natural, adicione húmus e esterco de gado. Ao seguir cada um dos nossos cuidados, você mantém a saúde da sua ‘comigo-ninguém-pode’. Se quiser mais dicas de cuidados, continue lendo o nosso blog.