Limão com chia: uma bebida muito refrescante

Já imaginou o poder do limão, atuando com outro ingrediente? Fantástico, já em si o limão tem bastantes benefícios, além de ser cítrico se torna refrescante. Agora outro ingrediente que vamos falar, agora junto com o limão fazem ainda mais poderes.

Vamos revelar agora, estamos a falar da chia, se fizer uma mistura dos dois ingredientes, prepara uma bebida bastante refrescante. Mas ainda não é tudo, mais á frente você vai entender que estamos falando.

As sementes de chia normalmente encontra em qualquer supermercado. Elas são excelentes aliadas para o cérebro, e coração, além de serem ricas em ômega 3. Também, ajuda a manter uma pele mais nutrida, deixando elas mais saudáveis, fazendo bem tanto ao funcionamento normal, como sistema reprodutivo.

Elas também ajudam, a excluir todas as toxinas, que a parede do cólon atrai. Podemos também contar, com o seu grande teor, em cálcio que ultrapassa o do leite, entre outros como magnésio e potássio.

Já o limão, como todos nos sabemos (ou quase todos) ele ajuda a manter regulado o pH do sangue. No qual maioria das pessoas que consomem, limão acabam por não perceber esses benefícios, porque se concentram apenas no sabor cítrico.

Para fazer uma conclusão mais detalhada, abaixo falamos quais os benefícios destes dois ingredientes.

  • Eles são ricos em vitamina C
  • Ajudam a melhorar a circulação, dando mais energia
  • Ajuda a evitar o envelhecimento precoce, combatendo as radicais livre
  • Desintoxica o organismo
  • Contribui na digestão e muito mais.
  • Agora saiba como preparar esta receita, é muito simples:

    Num como de água (média de 200 ML) adicione uma colher normal de chia. Logo após, deve esse preparado descansar por cinco minutos. Mexa mais uma vez, e deixe novamente por mais dez minutos. Após esses passos concluídos, esprema o sumo de um limão, e adicione ao preparado anterior. Mexa muito bem, e beba de imediato.

    A sua administração, ocorre em jejum, ou de duas horas antes ou depois das refeiçoes. Este site, não substitui um especialista. Em caso de duvida, consulte sempre o seu médico assistente.