Você tem esta folha em casa e não imagina os benefícios para problemas insônia, pressão alta, açúcar e gordura no sangue

O louro, também conhecido como Laurus nobilis, é amplamente utilizado na culinária devido ao seu sabor marcante, especialmente para temperar pratos como feijão.

No entanto, o louro não é apenas um tempero. Ele também possui propriedades medicinais e é utilizado no tratamento de diversos distúrbios de saúde.

Se você anda ansioso e estressado, as folhas de louro podem ajudar a combater esses problemas.

Gennady Malakhov, um pesquisador russo, descobriu que as folhas de louro perfumadas têm um grande efeito sobre o estresse e a ansiedade.

Nesse caso, ele recomenda o seguinte procedimento:

Pegue algumas folhas de louro secas e queime-as em um cinzeiro. Sente-se no ambiente onde as folhas estão sendo queimadas por cerca de 10 minutos.

Você sentirá uma agradável fumaça perfumada preencher o ambiente. Nesse momento, ocorrerá a liberação de substâncias específicas que relaxam o cérebro.

Inspire profundamente e acalme o corpo e a mente. No entanto, o poder do louro não se limita a isso. Ele também possui propriedades diuréticas, antirreumáticas, anti-inflamatórias, digestivas, estimulantes, expectorantes e hepáticas.

O louro é ótimo para tratar:

  • Distúrbios digestivos
  • Inflamações no fígado
  • Cólicas menstruais
  • Infecções nos ouvidos
  • Infecções na pele
  • Dor de cabeça
  • Gases
  • Reumatismo
  • Mas não é só isso!

    O louro atua como expectorante em casos de gripe, resfriado, bronquite e outras doenças respiratórias. Além disso, ele também auxilia no metabolismo, contribuindo para a perda de peso.

    Uma forma excelente de aproveitar todas essas propriedades do louro é consumindo-o na forma de chá ou xarope. Veja como preparar o chá:

    Ingredientes:

  • 3 folhas de louro
  • 1 litro de água
  • Modo de preparo:

  • Ferva a água e, em seguida, adicione as folhas de louro.
  • Desligue o fogo, tampe a panela e deixe o chá descansar por dez minutos.
  • Beba o chá de três a quatro vezes ao dia.
  • Contraindicações: Mulheres grávidas ou em fase de amamentação devem evitar o consumo de louro.

    Efeitos colaterais: Se consumido em grandes quantidades, o louro pode causar sonolência ou irritar o estômago.

    Beba o chá por três semanas ou até que o seu problema de saúde melhore. Caso o objetivo seja perder peso, faça uma pausa de 15 dias e retome o consumo por mais três semanas.

    Agora, falando sobre o xarope de louro, este é um dos melhores remédios naturais para a tosse. Experimente e comprove:

    Ingredientes:

  • 150 mL de água pura
  • 6 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 limão
  • 6 folhas de louro
  • Modo de preparo:

  • Ferva a água.
  • Assim que levantar fervura, adicione as folhas de louro e deixe-as cozinhando com a panela tampada por cerca de 6 minutos.
  • Desligue o fogo e espere a mistura esfriar.
  • Retire as folhas de louro, transfira o líquido para um frasco e adicione o açúcar mascavo.
  • Esprema um limão e misture tudo muito bem até que o açúcar se dissolva completamente.
  • Tome 1 colher de chá do xarope de 3 a 5 vezes por dia.
  • A dosagem pode ser aumentada se a tosse estiver muito intensa. Esse xarope é especialmente eficaz em casos de tosse seca. Ele pode ser armazenado na geladeira por até três dias.