Lembra da Grávida de Taubaté? Veja como ela está 11 anos depois

A história da “Grávida de Taubaté” continua sendo lembrada por muitas pessoas, mesmo após 11 anos. Essa história peculiar destaca-se pelo fato de ser uma gravidez falsa. Em 2012, Maria Verônica Aparecida César Santos, uma pedagoga de 25 anos na época, conseguiu comover os meios de comunicação e grande parte da população ao afirmar estar grávida de quadrigêmeas.

O que chamava mais atenção era a sua enorme barriga de grávida, e a raridade do caso, considerando que as chances de uma gravidez de quadrigêmeos são de uma em 15 milhões. Por ser natural de Taubaté, ela ficou conhecida popularmente como a “Grávida de Taubaté”. Verônica e seu marido, Kléber Eduardo Melo, afirmavam com convicção que esperavam quatro meninas, que seriam chamadas de Maria Clara, Maria Eduarda, Maria Fernanda e Maria Vitória.

No entanto, após a participação de Verônica no programa matinal “Hoje em Dia”, a apresentadora Chris Flores começou a suspeitar da veracidade da gestação e solicitou que um repórter da RecordTV investigasse a história.

E, de fato, alguns dias depois, o programa “Domingo Espetacular” revelou a verdade que chocou o país: Verônica nunca esteve grávida de quadrigêmeas, e a história da falsa gravidez foi desmascarada.

Desde então, o termo “de Taubaté” tornou-se uma expressão popular no país para se referir a uma mentira. Ainda é possível ver pessoas utilizando essa expressão nos dias de hoje.

Além disso, Maria Verônica foi diagnosticada com pseudologia fantástica, também conhecida como mitomania, uma condição em que a pessoa tem um impulso compulsivo de mentir sobre qualquer assunto.

Atualmente, Maria Verônica e seu marido, Kleber, levam uma vida discreta e procuram evitar ao máximo a mídia.